Cenário atual da indústria ceramista no Brasil

A indústria ceramista no Brasil possui um faturamento anual de 18 bilhões, representando 4,8% da indústria da construção civil no país e gerando em torno de 293 mil empregos diretos e 900 mil indiretos.

Segundo dados divulgados pelo IBGE, o Brasil possui aproximadamente 6.903 fábricas de cerâmica. A indústria ceramista possui tanta relevância para a construção civil e para o país que cerca de 90% das alvenarias e coberturas do país são baseadas na cerâmica vermelha, conforme ANICER ( Associação Nacional da Indústria Cerâmica).

Infelizmente com a recente crise financeira mundial, que também afetou o Brasil, o mercado da construção civil e dos financiamentos habitacionais colocou o pé no freio, reduzindo também e de forma significativa os resultados e a demanda do setor ceramista brasileiro.

Porém, pelo que tudo indica a partir deste ano de 2020 este cenário passará por mudanças e o primeiros reflexos já começaram a ser percebidos ainda no final de 2019. A esperada retomada da construção civil está baseada principalmente nas novas políticas econômicas do Governo Federal, sobretudo em relação àquelas voltadas à redução das taxas de juros para os financiamentos habitacionais.

O cenário para a construção civil e também para o setor ceramista é otimista! Com a redução dos juros cobrados pelos financiamentos habitacionais, já nos primeiros meses do ano é possível perceber que o número de pessoas interessadas na compra de imóveis voltou a crescer. Mas, este movimento não está atrelado apenas a redução das taxas de juros, mas também a retomada, ainda que tímida da geração de empregos.

Com novas taxas de juros para o financiamento habitacional, o número de possíveis compradores tende a crescer, aumentando a demanda do setor da construção civil, que por sua vez contribui para a retomada do setor ceramista, que atualmente é um dos elementos chaves e fundamentais no fornecimento de produtos para a construção civil.

Recentemente o IBGE divulgou dados importantes e animadores sobre a construção civil. O setor apresentou no terceiro trimestre de 2019 um crescimento de 4,4% comparado com o resultado apresentado no terceiro trimestre de 2018. Este é o maior resultado do setor desde o primeiro semestre de 2014.

O crescimento foi impulsionado pelo setor imobiliário e pela leve melhora da economia brasileira que cresceu 0,6% no terceiro trimestre de 2019 em um comparativo com o segundo semestre.

Veja o que disse José Carlos Martins, presidente da Câmara da Indústria da Construção – CBIC:

“O crescimento da construção civil é uma boa notícia para a economia do país. É movimento já consistente em São Paulo, mas com força também no Centro-Oeste, puxado pela renda gerada pelo agronegócio. Tradicionalmente, a recuperação começa por São Paulo e, depois, chega aos demais estados.”

Vale destacar que recentemente a Caixa Econômica Federal, anunciou a redução nas taxas de juros para os financiamentos de imóveis através de recursos do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimos – SBPE. A redução anunciada pela Caixa fez com que outros bancos adotassem a mesma política.

O resultado apresentado no terceiro trimestre de 2019, ainda está longe do esperado, porém é a primeira alta em dois trimestres seguidos, após 5 anos de retração no setor da construção e tem gerado otimismo entre economistas e empresários do setor.

 

Saiba mais sobre o assunto acessando nosso novo eBook:

Você também pode gostar de….
Secagem e Queima – Como ser mais eficiente nestes processos!

Secagem e Queima – Como ser mais eficiente nestes processos!

Você sabia que é possível secar e queimar tijolos de forma mais eficiente com o apoio da tecnologia empregada no Secador Rápido de Taliscas e no Forno Metálico Móvel? Comprometida com o desenvolvimento do setor ceramista, a NATREB investe pesado em pesquisas e em...

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Orçamento
close slider