Desgaste prematuro de peças

5 dicas para evitar o desgaste prematuro de peças na sua cerâmica

Como evitar o desgaste prematuro de peças em uma cerâmica? Você tem observado que a vida útil das peças e componentes das máquinas da sua cerâmica estão diminuindo? Então, não deixe de ler este artigo!

O desgaste prematuro de peças pode gerar uma série de prejuízos ao ceramista, como o aumento das despesas com manutenção e reposição de peças ou até mesmo em virtude dos atrasos na produção e na entrega dos pedidos.

Para evitar prejuízos e paradas excessivas para manutenção de equipamentos é muito importante conhecer o que está ocasionando o desgaste prematuro das peças e assim adotar boas práticas e medidas preventivas capazes de evitar o desgaste prematuro e maximizar a vida útil de cada componente.

Para ajudar você ceramista a aproveitar ao máximo a vida útil dos seus equipamentos, e também de suas respectivas peças, a NATREB elaborou este artigo. Aqui você irá conhecer 5 dicas simples para evitar o desgaste prematuro de peças na sua cerâmica. Confira!

1.Tenha cuidado com a corrosão nos equipamentos e peças

Uma das principais patologias que contribuem para a redução da vida útil de peças e equipamentos é a corrosão.

A corrosão é um processo físico-químico ocasionado pela interação do ferro com o ar atmosférico, com a água ou então com componentes químicos resultando no desgaste prematuro das peças.

Para evitar a corrosão e retardar os seus efeitos, prolongando a vida útil das peças, é possível adotar algumas medidas importantes, como a lubrificação periódica e a pintura.

Quando lubrificadas ou então pintadas as peças podem resistir melhor aos efeitos da corrosão, uma vez que os lubrificantes e as tintas possuem propriedades anticorrosivas.

Por isso, esteja sempre atento às condições de pintura e lubrificação dos seus equipamentos.

2.Realize inspeções e manutenções periódicas e evite o desgaste prematuro de peças

Outra prática muito importante para impedir o desgaste prematuro de peças diz respeito a realização de manutenções periódicas em caráter preventivo.

A manutenção preventiva é aquela realizada antes mesmo que um equipamento comece a apresentar os primeiros sinais de falha.

Realize periodicamente manutenções preventivas, observe o nível de desgaste de cada peça e promova a sua substituição assim que possível.

Os custos com a manutenção preventiva de máquinas e equipamentos são sempre menores quando comparados aos custos da manutenção corretiva, que é aquela que acontece apenas após a falha.

3.Invista em treinamento e capacitação

Você sabia que ao investir em treinamentos e capacitação de mão de obra, você também contribui para a maior vida útil das peças e máquinas da sua cerâmica?

Funcionários bem treinados e capacitados sabem operar os equipamentos de forma correta, evitando assim o desgaste prematuro de peças.

4.Nunca submeta uma máquina a condições de trabalho superiores ao recomendado pelo fabricante

Em nenhuma hipótese concorde em submeter um equipamento a condições severas de trabalho, ou seja, condições superiores àquelas recomendadas pelo fabricante.

As condições máximas de trabalho de uma máquina são definidas pelos fabricantes após a realização de testes e também em conformidade com a capacidade de suporte e carga de cada componente.

Sendo assim, quando um equipamento é submetido a condições de trabalho superiores ao recomendado, o desgaste prematuro de peças torna-se inevitável. Além disso, há ainda um risco maior relacionado a ocorrência de acidentes.

5.Substitua peças ao fim de sua vida útil

Por fim, para garantir a maior vida útil de todas as peças que compõem um equipamento, recomenda-se a substituição de peças ao fim da sua vida útil.

Cada peça possui uma vida útil previamente definida, portanto insistir em utilizar peças que nitidamente chegaram ao seu limite só prejudica o desempenho do equipamento e favorece o desgaste prematuro de outras peças.

Precisando de peças de reposição ou assistência técnica para máquinas e equipamentos NATREB?

Então, não deixe para depois, clique aqui e entre agora mesmo em contato conosco!

e-book erros que uma indústria cerâmica jamais pode cometer

Escrito por ruan

Categoria da postagem

Repercusão

Data da postagem

sexta-feira, 3 de julho de 2020
}

Tempo de Leitura

3 minutos

U

Pesquisar

h

Postagens Recentes

Categorias de Postagens

Categories

Você também pode gostar de….
Veja como montar uma cerâmica do zero!

Veja como montar uma cerâmica do zero!

Pensando em montar uma cerâmica? Confira nesse artigo, um resumo de tudo o que você precisa para colocar o seu negócio em prática! Legalização do negócio Antes de pensarmos na estrutura do negócio e no investimento necessário, será preciso regularizar o novo negócio...

Como organizar o fluxo de caixa da sua cerâmica

Como organizar o fluxo de caixa da sua cerâmica

Qual é a situação do fluxo de caixa da sua cerâmica hoje? Neste artigo em especial, trataremos de um tema muito importante e que está relacionado com a gestão e a saúde financeira da sua cerâmica. Você já ouviu falar em fluxo da caixa, sabe como ele funciona e conhece...

Máquinas para cerâmica: Confira 5 dicas para aumentar a vida útil

Máquinas para cerâmica: Confira 5 dicas para aumentar a vida útil

Buscando alternativas para aumentar a vida útil das máquinas na sua cerâmica? Então fique atento e confira as 5 dicas que a NATREB preparou para você neste artigo! 1.Realize manutenções preventivas Toda e qualquer máquina necessita de rotinas de manutenção preventiva...

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Orçamento
close slider