Mais um ano se acabando e você, já planejou ou realizou as rotinas de manutenção preventiva dos seus equipamentos?

Mais um ano se acabando e você, já planejou ou realizou as rotinas de manutenção preventiva dos seus equipamentos?

Com o final do ano chegando, muitas empresas entram em período de férias coletivas, momento que pode ser muito oportuno para a realização de rotinas de manutenção preventiva.

Você já planejou ações de manutenção preventiva para a sua cerâmica?

Aproveite a pausa de fim de ano para revisar o maquinário do seu parque produtivo e iniciar o próximo ano com força total, sem paradas não previstas para realização de manutenções corretivas.

O que é manutenção preventiva?

A manutenção preventiva tem como base a realização de inspeções e tarefas rotineiras e programadas realizadas em equipamentos para garantir que estes funcionem da maneira esperada.

Quando executada corretamente, a manutenção preventiva beneficia a capacidade produtiva das cerâmicas, aumentando a vida útil das máquinas, reduzindo o tempo de inatividade e muito mais.

A manutenção preventiva deve ser realizada preferencialmente fora do horário normal de operação para não interromper a produção, sendo assim o recesso de final de ano pode ser o momento ideal.

Quais são as etapas da manutenção preventiva?

Em geral, um fluxo de trabalho de manutenção preventiva inclui as seguintes etapas:

  • Inspeção: As inspeções são um aspecto essencial da manutenção preventiva, pois garantem que o equipamento seja seguro para os técnicos e operadores e que cada máquina tenha o desempenho esperado.
  • Detecção: Algumas inspeções revelarão problemas que devem ser corrigidos. Encontrar tais problemas é uma parte essencial do processo de manutenção preventiva. Sem ela, o equipamento continuará funcionando até que falhe. Isso prejudicará a produtividade desse ativo e sua falha final pode significar graves consequências para a empresa.
  • Correção: Depois de identificar um problema, é importante corrigi-lo. Programe a manutenção do ativo em um horário fora do horário operacional padrão para não afetar a produtividade da cerâmica. Essa tática permite que você encontre e corrija problemas antes que eles piorem ou causem uma falha.
  • Prevenção: Depois de resolver o problema, é importante inspecionar seu equipamento regularmente. Outra questão não relacionada pode surgir, e as inspeções desempenham um papel vital em detectá-los. Agende suas inspeções em intervalos baseados em tempo ou medidor, dependendo do equipamento.

Benefícios da manutenção preventiva

A manutenção preventiva ajuda a reduzir as falhas e o tempo de inatividade das máquinas, mas há muitos outros benefícios relacionados a execução da manutenção de rotina, como os listados abaixo:

  • Extensão a vida útil dos ativos e melhore a confiabilidade do equipamento;
  • Aumento da segurança e redução do risco de acidentes;
  • Melhoria do planejamento e utilização de recursos;
  • Diminuição das manutenções e inspeções não planejadas;
  • Aumento da produtividade da cerâmica;
  • Redução dos custos com manutenção.

A manutenção preventiva tem a oportunidade de transformar a maneira como sua empresa gerencia suas instalações e ativos, e a melhor parte é que você tem as ferramentas para começar à sua disposição.

Seu maquinário possui frequências de inspeção e manutenção ideais listadas no manual, e então é só uma questão de implementação dos processos para começar!

Telefone: +55 48 3434-8700

E-mail: natreb@natreb.com.br

Qual o melhor equipamento para minha cerâmica?

Você também pode gostar de….

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Orçamento
close slider