Características ideais e qualidade de tijolos cerâmicos

Para quem não entende do assunto, os tijolos cerâmicos parecem todos iguais. Mas, sabemos que não é tão simples assim. Existem diversos fatores que podem interferir na qualidade do produto. Vamos abordar aqui algumas características importantes à luz da norma regulamentadora NBR 15270:2017.

Sem dúvidas, o tijolo é um dos materiais mais utilizados durante a obra, a sua função em alguns casos pode ser estrutural, mas o seu emprego em larga escala ocorre na alvenaria de vedação.

 

Processo de Produção do Tijolo Cerâmico

O tijolo cerâmico é produzido por uma composição de argila e água, podendo ou não conter aditivos. Após sua modelagem plástica em argila o tijolo é submetido a um processo de queima em fornos de alta temperatura.

Após a sua retirada dos fornos o tijolo esfriará naturalmente e poderá ser comercializado.

 

Identificando a qualidade do produto

Mas, como saber se o tijolo é realmente de qualidade e confiável? Para que exista uma padronização no mercado e garantia dos requisitos mínimos de qualidade foi criada a norma regulamentadora NBR 15270:2017.

Para que o tijolo cerâmico possua boa qualidade é muito importante que o fabricante esteja atento às determinações da norma.

Veja a seguir algumas características importantes para os tijolos.

 

Características Técnicas

A NBR 15270-1 é a norma técnica responsável pela determinação dos parâmetros de segurança e requisitos mínimos de qualidade dos tijolos cerâmicos.

A NBR 15270-2 aborda os métodos de ensaio para verificação do atendimento às normas técnicas.

Dentre os requisitos, temos as dimensões, propriedades físicas e propriedades mecânicas.

Veja algumas determinações da norma:

  • O tijolo cerâmico de vedação deverá ser fabricado por conformação plástica de argila, contendo ou não aditivos, e queimado a altas temperaturas.
  • A espessura dos septos dos blocos cerâmicos de vedação deve ser no mínimo 6 mm e a das paredes externas de no mínimo 7 mm.
  • O tijolo cerâmico deve ter gravado em uma das suas faces externas, a identificação do fabricante em baixo relevo ou reentrância, com caracteres de no mínimo 5 mm de altura.
  • Deverá constar ainda as dimensões de fabricação do produto (largura, altura e comprimento).

 

Para entregar ao mercado produtos de alta qualidade o fabricante precisa está atento aos padrões de qualidade e requisitos adotado pelas normas do setor ceramista. É preciso ainda garantir que o processo de fabricação seja realizado de forma adequada.

Para que tudo isso seja possível é preciso investir em equipamentos projetados para entregar os resultados desejados. Neste momento o ceramista pode contar com todo o apoio e expertise da Natreb.

Fabricamos e desenvolvemos equipamentos de alta qualidade e performance para a indústria ceramista, conheça o nosso catálogo e entre em contato conosco para fazer um orçamento sem compromisso.

 

Já baixou nosso infográfico? Clique abaixo, é GRÁTIS:

Escrito por natreb

Categoria da postagem

Repercusão

Data da postagem

quinta-feira, 12 de dezembro de 2019
}

Tempo de Leitura

2 minutos

U

Pesquisar

h

Postagens Recentes

Categorias de Postagens

Categories

Você também pode gostar de….
Como aumentar a eficiência do processo de queima de tijolos?

Como aumentar a eficiência do processo de queima de tijolos?

O uso de processos adequados para a queima de tijolos cerâmicos é sem dúvidas um dos diferenciais mais importantes das cerâmicas que ocupam posição de destaque no mercado, seja em razão da qualidade dos seus produtos ou em virtude da sua alta capacidade de produção....

Veja como atrair mais clientes para a sua cerâmica

Veja como atrair mais clientes para a sua cerâmica

Existem diversas estratégias já conhecidas do mercado para captar e atrair clientes. No segmento ceramista, quando bem aplicadas essas estratégias podem potencializar os resultados das vendas. Como forma de deixar a nossa contribuição para você ceramista que está em...

Como evitar acidentes em uma cerâmica

Como evitar acidentes em uma cerâmica

De acordo com dados divulgados pelo Observatório de Segurança do Trabalho, o Brasil é um dos países que mais registra acidentes envolvendo trabalhadores no exercício das suas funções no mundo. Segundo o Observatório, são registrados anualmente, uma média de 700 mil...

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Orçamento
close slider