Conheça o processo produtivo de uma cerâmica

Você conhece todo o processo produtivo de produtos cerâmicos como telhas e tijolos, até que ele esteja pronto para utilização na construção civil?

Descubra como tudo funciona desde a extração da principal matéria prima do segmento, a argila, até a fabricação do produto final.

 

Extração e preparação da matéria prima

Telhas e tijolos cerâmicos, possuem na argila a sua principal matéria prima. Felizmente, este material é encontrado com abundância na natureza e podem ser encontrados em diversos depósitos naturais na crosta terrestre.

Após a extração da argila, utiliza-se caminhões para o seu transporte até as cerâmicas, para então passar por algumas etapas de beneficiamento até que estejam adequadamente preparada e com as características desejadas para dar forma a tijolo, telhas e outros produtos.

Nas primeiras etapas do processo produtivo, a argila deve passar pela britagem e moagem em equipamentos apropriados para este fim. O intuito desta etapa é dividir a argila em partes menores e mais homogêneas. Na etapa inicial, resíduos indesejados também devem ser separados, evitando assim possíveis imperfeições no produto final.

 

Preparação da massa

Os produtos cerâmicos são predominantemente compostos por argila e água, contudo em alguns casos e para que possam ser alcançadas melhores características podem ser adicionados alguns aditivos.

Sendo assim, é preciso conhecer muito bem o processo de fabricação para utilização das dosagens corretas de cada matéria prima.

Este processo é realizado por importantes equipamentos como os misturadores que controlam a quantidade de argila utilizada nas próximas etapas da produção e os misturadores, equipamento responsável por realizar a mistura dos componentes utilizados na produção dos itens cerâmicos.

 

Formação das peças cerâmicas

O processo de formação das peças envolve etapas como a laminação e a extrusão.

Na laminação a argila é compactada, eliminando-se o ar e também consequentemente os seus poros. Logos após, a massa argilosa é encaminhada para a maromba ou extrusora, onde então é forçada por uma rosca sem-fim ou pistão para que passe em um molde previamente definido, formando assim uma coluna contínua no formato desejado para posterior corte.

O corte é realizado em conformidade com os padrões dimensionais pré-estabelecidos pela ABNT, utilizando-se de fios metálicos que cortam a seção contínua, enquanto ela é conduzida por uma esteira.

Antes de encaminhar as peças recém formadas para os fornos, é preciso submetê-las ao processo de secagem que pode ser natural ou artificial em em estufas com túneis de secagem rápida.

Após a secagem, as peças são encaminhadas para os fornos onde são queimadas em altas temperaturas. O processo de queima contribui para que os produtos cerâmicos ganhem dureza e resistência mecânica.

Somente após todas estas etapas os produtos finalmente podem ser armazenados no estoque final para posterior distribuição para o mercado da construção civil.

Todo o processo produtivo de produtos cerâmicos precisa seguir normas específicas, dentre elas as normas ABNT, com o intuito de garantir maior confiabilidade, segurança e padronização aos produtos.

 

A Natreb é especialista na fabricação de máquinas, equipamentos e peças utilizadas em todo o processo produtivo de itens cerâmicos. Entre em contato conosco e conheça mais sobre os nossos produtos e serviços.

 

Saiba mais sobre o assunto acessando nosso novo eBook:

 

Escrito por natreb

Categoria da postagem

Repercusão

Data da postagem

sexta-feira, 7 de fevereiro de 2020
}

Tempo de Leitura

2 minutos

U

Pesquisar

h

Postagens Recentes

Categorias de Postagens

Categories

Você também pode gostar de….
Agilizando a produção de uma cerâmica: Os 3 passos principais

Agilizando a produção de uma cerâmica: Os 3 passos principais

Como maximizar a produção de uma cerâmica? Quais são os passos principais para produzir mais, reduzir custos e ao mesmo tempo garantir a qualidade do produto final? Nesse conteúdo a NATREB apresenta 3 passos essenciais para o desenvolvimento e crescimento da...

A cerâmica vermelha e a versatilidade dos materiais

A cerâmica vermelha e a versatilidade dos materiais

A cerâmica vermelha é um dos materiais construtivos mais antigos utilizados pela humanidade. De acordo com historiadores, os primeiros vestígios relativos à produção de itens cerâmicos remontam ao período da pré-história. Por sua vez, arqueólogos afirmam que os...

Misturador NATREB     

Misturador NATREB     

São equipamentos indispensáveis no processo de preparação em industrias cerâmicas, são eles que garantem a mistura homogênea dos diferentes tipos de argilas, líquidos, aditivos e sólidos desintegrando o material seco por corte e esmagamento e adicionando água ao...

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Orçamento
close slider