homogeneizador

Homogeneizador NATREB, conheça!

Estas máquinas têm como principal função homogeneizar diferentes matérias primas. Seu funcionamento realiza trituração, mistura e cisalhamento da massa regularizando a granulometria das matérias primas utilizadas principalmente em industrias cerâmicas.

Homogeneizador NATREB

O Homogeneizador, atinge excelente resultados de distribuição de umidade facilitando a extrusão e secagem dos produtos cerâmicos eliminando diversos problemas como empenamento e trincas das peças por falta de homogeneização. Sua funcionalidade baseia-se em um rotor de martelos que trabalham dentro de uma cuba e forçam a passagem da argila por uma peneira. Esse processo ainda retém grande parte das raízes, impurezas vegetal e corpos estranhos.

Para a instalação desta máquina, é indicado fazer uma avaliação prévia da matéria prima, pois os furos da peneira são projetados conforme características da argila a ser beneficiada. O resultado é uma massa em formato de pequenos cilindros com todas as misturas homogeneizadas. Geralmente estes equipamentos são empregados em linhas de preparação para sazonamento das argilas, porém é possível aplica-los diretamente em linhas de produção, antecedendo a laminação e extrusão.

Os Homogeneizadores NATREB possuem uma grande versatilidade de configurações para fornecer excelente flexibilidade e adaptação para diferentes aplicações alcançando produções de até 70 ton/h.

Conhecendo a estrutura básica do Homogeneizador

Homogeneizador NATREB

A estrutura dos Homogeneizadores é composta por dois conjuntos de eixos, sendo o eixo principal de fixação dos martelos e um eixo com motorização independente para o desengalhador.  Possui uma caixa de redução fabricada em chapa soldada com engrenagens cilíndricas helicoidais retificadas, raspadores com regulagem que facilitam a limpeza das placas laterais, martelos revestidos para diminuir o desgaste, embreagem eletropneumática para partida suave e peneira fabricada em aço especial de fácil reposição.

Estas características nos garantem um baixo custo operacional, versatilidade de aplicação, robustez adequada, grande capacidade de produção com baixo consumo de energia.

Agora conheça um pouco mais sobre os componentes principais dos Homogeneizadores NATREB: 

Carcaça

Peças HomogeneizadorAs carcaças utilizadas nos Homogeneizadores NATREB são calculadas para suportar elevadas tensões originados pelo esmagamento dos torrões.  Fabricadas de chapas grossas em SAE 1020 para melhor soldabilidade, usinabilidade e ductilidade.

Todas as peças em chapas são cortadas em um processo de corte plasma, onde é possível seguir fielmente as medidas definida no projeto 3D agilizando a montagem e mantendo a padronização para peças de reposição. O parque fabril da NATREB tem a capacidade de usinar estas carcaças já montadas, isso garante as tolerâncias dimensionais exigidas pelos rolamentos, engrenagens e eixos, garantido uma montagem final perfeito alinhamento.

Eixos / Martelos

eixos marteloEste equipamento possui dois eixos, sendo o eixo principal de fixação dos martelos e um eixo com motorização independente para o desengalhador. Eles são projetados para suportar elevadas cargas de torção e cisalhantes devido ao processo de esmagamento dos torrões, isso só é possível pelo material aplicado.

Geralmente são fabricados em ligas especiais como SAE8640, os mesmos possuem alta resistência mecânica, boa usinabilidade, alta tenacidade, e elevada dureza, assim evitando o desgaste e a quebra prematura destas peças.

Os martelos são as principais peças de reposição, pois são eles os responsáveis por forçar a passagem da argila pelos furos da peneira. Portanto seu projeto possibilita uma substituição rápida e simples, diminuindo tempo de manutenção e paradas da máquina. Sua estrutura se baseia no corpo principal do martelo e uma capa de revestimento onde é a peça de contato com a argila. Geralmente são fundidas em aço especial e revestidas com solda dura para aumentar a vida útil.

Deseja saber mais sobre os Homogeneizadores NATREB ou realizar uma cotação sem compromisso? Clique aqui e entre em contato conosco!

Escrito por ruan

Categoria da postagem

Repercusão

Data da postagem

quarta-feira, 13 de janeiro de 2021
}

Tempo de Leitura

3 minutos

U

Pesquisar

h

Postagens Recentes

Categorias de Postagens

Categories

Você também pode gostar de….
Como otimizar o layout de produção em uma cerâmica?

Como otimizar o layout de produção em uma cerâmica?

A produção de blocos, telhas e outros produtos cerâmicos exige a execução de uma série de processos que precisam ser estudados e desenhados em um layout de produção adequado para a máxima eficiência da produção e redução de custos nas cerâmicas. Em síntese, podemos...

Como funciona uma Extrusora?

Como funciona uma Extrusora?

No processo de fabricação de produtos cerâmicos, as Extrusoras desempenham um papel fundamental, conferindo o formato desejado à argila e transformando essa importante matéria prima nos produtos cerâmicos que atendem as demandas da sociedade como um todo e...

Confira 5 dicas para montar uma cerâmica de sucesso

Confira 5 dicas para montar uma cerâmica de sucesso

Pensando em montar uma cerâmica do zero ou então expandir a capacidade produtiva e de geração de negócios de uma cerâmica já existente? Neste artigo, a NATREB preparou 5 dicas, que podem contribuir significativamente para que a sua cerâmica alcance o sucesso e...

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Orçamento
close slider