licenciamento ambiental para cerâmicas

Licenciamento ambiental para indústria cerâmica: Fique por dentro!

Licenciamento ambiental para cerâmicas: Descubra nesse artigo, o que é e para que serve o licenciamento ambiental e também como licenciar uma cerâmica ambientalmente.

Sem dúvidas, o licenciamento ambiental para cerâmicas é um assunto imperdível, que costuma gerar muitas dúvidas entre os ceramistas e que portanto você não pode deixar de conferir!

O que é licenciamento ambiental?

O licenciamento ambiental, é um procedimento administrativo pelo qual um órgão competente licencia a localização e autoriza a instalação, ampliação e operação de empreendimentos e atividades utilizadoras de recursos ambientais ou que possam causar degradação ambiental.

O processo de licenciamento leva em consideração as disposições legais e regulamentares e as normas técnicas aplicáveis a cada tipo de atividade e seu potencial dano ambiental.

Após a verificação do cumprimento de todos os requisitos legais, é concedido a empresa solicitante, um documento que reconhece a autorização para o devido exercício das atividades, assim como também o compromisso da empresa, no nosso caso as cerâmicas, em preservar a qualidade do meio ambiente.

Para que serve o licenciamento ambiental?

O licenciamento ambiental é um dos instrumentos da Política Nacional do Meio Ambiente – PNMA. Instituída através da Lei n° 6.938, de 31 de agosto de 1981, a PNMA orienta os procedimentos de licenciamento ambiental para atividades potencialmente poluidoras.

No caso da indústria cerâmica, as etapas de extração da argila e queima do produto são as que merecem maior atenção em relação aos impactos ambientais consequentes.

Os estudos realizados durante o processo de licenciamento tem por objetivo evitar futuros problemas jurídicos, prever impactos ambientais que a atividade possa vir a causar no local e no seu entorno, além de verificar os danos ambientais concretos que acontecerão quando a empresa estiver operando, bem como a compensação ou ressarcimento destes.

Como solicitar o licenciamento ambiental de uma cerâmica?

Para obter o licenciamento ambiental da sua cerâmica, o primeiro passo é procurar a secretaria de meio ambiente do seu município para se informar quanto ao procedimento estabelecido para emissão do licenciamento e aos documentos necessários.

Caso o município de instalação da sua cerâmica não se responsabilize pela emissão do licenciamento ambiental, você deverá então buscar o respectivo órgão estadual de meio ambiente, instituição que também poderá emitir a licença ambiental necessária para a operação de uma cerâmica.

Em geral, em um processo de licenciamento ambiental, são solicitados os seguintes documentos, (podendo variar de um município para o outro):

  • Comprovante de pagamento da taxa de licenciamento ambiental;
  • Documentos pessoais do responsável legal;
  • Cartão CNPJ;
  • Contrato Social;
  • Matrícula do imóvel ou IPTU;
  • Plantas da edificação;
  • Estudos e relatórios de impacto ambiental.

Por fim, vale destacar que a licença ambiental conta com um prazo de validade previamente definido, sendo necessário que em média a cada 120 dias antes do seu vencimento, seja solicitado uma nova liberação.

Uma vez formulado o requerimento de renovação enquanto o órgão não der uma resposta definitiva, a licença, mesmo que vencida, continuará válida.

Nesse artigo,  você já retirou suas principais dúvidas a respeito do licenciamento ambiental para cerâmicas. Mas, antes de sair clique aqui e conheça a linha completa de equipamentos NATREB para a sua cerâmica.

Escrito por ruan

Categoria da postagem

Repercusão

Data da postagem

segunda-feira, 14 de setembro de 2020
}

Tempo de Leitura

2 minutos

U

Pesquisar

h

Postagens Recentes

Categorias de Postagens

Categories

Você também pode gostar de….
Como funciona a consultoria em cerâmica? Onde encontrar?

Como funciona a consultoria em cerâmica? Onde encontrar?

Quais são os principais benefícios fornecidos por uma consultoria em cerâmica? Neste conteúdo, a NATREB apresenta detalhes sobre o funcionamento e os principais benefícios da consultoria em cerâmica para empresas do setor. O que é uma consultoria em cerâmica? A...

Quais máquinas não podem faltar em uma cerâmica?

Quais máquinas não podem faltar em uma cerâmica?

Quais máquinas não podem faltar em uma cerâmica de sucesso? Se você chegou até esse conteúdo com dúvidas em relação a montagem ou otimização do parque de máquinas da sua cerâmica, você chegou no lugar certo. Sabemos que a fabricação de produtos cerâmicos é composta...

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Orçamento
close slider