NR-11: Quais os principais cuidados que uma cerâmica deve ter em relação ao transporte de cargas

O transporte de cargas é uma atividade essencial no dia a dia de uma cerâmica, seja em relação a movimentação interna durante as etapas de produção, na extração de matéria prima ou então na entrega dos produtos cerâmicos aos clientes.

Como as atividades de transporte fazem parte do dia a dia dos ceramistas, é muito importante conhecer algumas recomendações e exigências normativas que visam garantir a segurança em todas as operações que envolvem a movimentação de cargas.

Por falar em exigências normativas, você conhece a NR-11?

A NR-11 é uma norma instituída pela portaria nº 3.214 do antigo Ministério do Trabalho e Emprego que criou diretrizes que devem ser seguidas para a movimentação e transporte de cargas.

O conteúdo da norma é aplicável às cerâmicas, sendo assim, abordaremos neste artigo alguns dos seus pontos mais importantes. Não deixe de conferir!

Aspectos importantes da NR-11 quanto a resistência dos equipamentos de transporte em cerâmicas

De acordo com a NR-11, todos os equipamentos utilizados para a movimentação e o transporte de cargas devem garantir a resistência e a segurança, sendo conservados em condições perfeitas de trabalho, veja, o que diz a norma:

“ Os equipamentos utilizados na movimentação de materiais, tais como ascensores, elevadores de carga, guindastes, monta-carga, pontes-rolantes, talhas, empilhadeiras, guinchos, esteiras-rolantes, transportadores de diferentes tipos, serão calculados e construídos de maneira que ofereçam as necessárias garantias de resistência e segurança e conservados em perfeitas condições de trabalho. ”

A norma destaca ainda, a importância do respeito ao limite de carga de cada equipamento:

“ Em todo o equipamento será indicado, em lugar visível, a carga máxima de trabalho permitida. ”

Sendo assim, destacamos a importância do limite de carga de empilhadeiras e caminhões, como também a altura máxima para transporte seguro das cargas.

Aspectos importantes da NR-11 quanto ao treinamento de funcionários em uma cerâmica

A NR-11 destaca ainda, que os funcionários responsáveis pela operação de equipamentos com força motriz própria, como esteiras e pontes-rolantes devem receber treinamento específico, veja:

“ Nos equipamentos de transporte, com força motriz própria, o operador deverá receber treinamento específico, dado pela empresa, que o habilitará nessa função.

Já os operadores de equipamentos motorizados nas cerâmicas, devem ser devidamente habilitados e identificados, veja:

“ Os operadores de equipamentos de transporte motorizados deverão ser habilitados e só poderão dirigir se durante o horário de trabalho portarem um cartão de identificação, com o nome e fotografia, em lugar visível. ”

Aspectos importantes da NR-11 quanto a sinalização em uma cerâmica

Para a prevenção de acidentes relacionados a movimentação de cargas e transportes, a NR-11 determina ainda que sejam adotadas algumas medidas de sinalização. Medidas, que também são aplicáveis as cerâmicas, veja:

“ Os equipamentos de transporte motorizados deverão possuir sinal de advertência sonora (buzina). ”

“ A disposição da carga não deverá dificultar o trânsito, a iluminação, e o acesso às saídas de emergência. ”

Por fim, vale destacar que a leitura dos pontos em destaque nesse artigo não substitui a leitura completa da norma e a orientação de um profissional de segurança do trabalho.

É importante destacar, que todos os pontos citados neste artigo encontram-se na NR-11.

A NATREB possui grande compromisso com as normas e boas práticas de segurança no ambiente de trabalho. Sendo assim, todos os nossos equipamentos são projetados em conformidade com as normas vigentes.

Em busca de máquinas e equipamentos para a sua cerâmica? Então, não deixe de entrar em contato conosco!

Escrito por ruan

Categoria da postagem

Repercusão

Data da postagem

quinta-feira, 23 de julho de 2020
}

Tempo de Leitura

3 minutos

U

Pesquisar

h

Postagens Recentes

Categorias de Postagens

Categories

Você também pode gostar de….
Agilizando a produção de uma cerâmica: Os 3 passos principais

Agilizando a produção de uma cerâmica: Os 3 passos principais

Como maximizar a produção de uma cerâmica? Quais são os passos principais para produzir mais, reduzir custos e ao mesmo tempo garantir a qualidade do produto final? Nesse conteúdo a NATREB apresenta 3 passos essenciais para o desenvolvimento e crescimento da...

A cerâmica vermelha e a versatilidade dos materiais

A cerâmica vermelha e a versatilidade dos materiais

A cerâmica vermelha é um dos materiais construtivos mais antigos utilizados pela humanidade. De acordo com historiadores, os primeiros vestígios relativos à produção de itens cerâmicos remontam ao período da pré-história. Por sua vez, arqueólogos afirmam que os...

Misturador NATREB     

Misturador NATREB     

São equipamentos indispensáveis no processo de preparação em industrias cerâmicas, são eles que garantem a mistura homogênea dos diferentes tipos de argilas, líquidos, aditivos e sólidos desintegrando o material seco por corte e esmagamento e adicionando água ao...

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Orçamento
close slider